favicont

Conheça nossa rede de parceiros!

acesse também:

Gradiente x Apple: STF marca julgamento final que decidirá quem fica com marca “Iphone” no Brasil

Publicado em:

04/06/2023

Gradiente x Apple STF decide essa semana fim do caso

Depois de longos 12 anos parece que finalmente o capítulo final dessa saga épica da Gradiente terá um fim.

E sim essa é a mesma marca brasileira que todos nós amamos por ter trazido aos brasileiros o nosso tão querido Phantom System na década de 80 e posteriormente o SNES com uma parceria com a Estrela (Playtronic).

O Supremo Tribunal Federal (STF) agendou o julgamento virtual do caso envolvendo a disputa pela marca “iPhone” no Brasil entre a Apple e a Gradiente.

O julgamento está marcado para iniciar em junho, com os ministros do STF tendo até o dia 12 de junho para divulgarem seus votos. O relator do caso é o ministro Dias Toffoli.

Produtos Gradiente

A Gradiente foi pioneira em trazer TV’s, sons, videogames e outros itens de exclente qualidade aos brasileiros

A marca tem uma relevância enorme no Brasil devido à sua longa história e ao seu impacto no setor de eletrônicos.

A empresa foi fundada em 1964 e se destacou como uma das principais fabricantes de produtos eletrônicos no país.

Nos anos 80 e 90, a Gradiente se tornou uma das marcas mais reconhecidas no mercado brasileiro, especialmente por seus produtos de áudio, como aparelhos de som, amplificadores e caixas de som.

Seus produtos eram conhecidos por oferecer qualidade de som e design inovador.

Além disso, a Gradiente também entrou no mercado de televisores e foi pioneira na fabricação de televisores com tecnologia de tela plana no Brasil.

A empresa também produziu outros produtos eletrônicos, como telefones celulares, DVD players e câmeras digitais.

Uma das razões para a relevância da marca Gradiente no Brasil é sua capacidade de se adaptar às mudanças tecnológicas e às demandas do mercado.

Ela sempre buscou inovar e oferecer produtos de qualidade aos consumidores brasileiros.

No entanto, nos últimos anos, a marca Gradiente enfrentou desafios e passou por um processo de reestruturação.

A treta da Apple com a Gradiente

A disputa teve início em 2012, quando a Apple entrou com um processo contra a Gradiente e o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) reivindicando o direito de uso da marca “iPhone” no país.

A Gradiente havia registrado a marca em 2000 e obteve a aprovação em 2008, um ano após o lançamento do smartphone original da Apple nos Estados Unidos.

Em 2012, a empresa brasileira lançou uma nova versão do celular para manter o uso da marca.

Desde então, o caso passou por várias instâncias da justiça brasileira, com a Apple conquistando sucessivas vitórias.

Em 2021, o próprio STF tentou resolver o caso por meio de uma mediação extrajudicial, mas não houve acordo entre as partes.

No momento, a Gradiente está em processo de fechamento de capital e reservou uma quantia monetária para ser paga aos acionistas caso ocorra uma reviravolta no caso e a empresa seja considerada vencedora.

O presidente do conselho de administração da Gradiente, Eugênio Staub, mencionou que uma possível indenização seria destinada a iniciativas relacionadas ao fomento da ciência nacional.

A Apple, quando procurada, optou por não comentar sobre o assunto.

Via: Valor Investe Globo

Leia outras notícias aqui.

Compartilhe:

Você também vai gostar

Além da Nintendo, conheça os 5 consoles portáteis mais procuradas em 2024

Nintendo Switch 2 pode usar a V-NAND de 5ª Geração da Samsung (Rumor)

The Legend of Zelda Ocarina of Time: 7 Fatos e Curiosidades

Rolar para cima