favicont

Conheça nossa rede de parceiros!

acesse também:

Nintendo lança nova atualização para combater 3DS desbloqueados

Publicado em:

08/06/2023

images (3)

O 3DS, lançado em 2011, entrou para a história da Big N como um dos consoles portáteis mais populares, abrigando uma vasta coleção de jogos icônicos e inesquecíveis.

No entanto, em março deste ano, a empresa encerrou oficialmente as operações da eShop do console, o que parecia marcar o fim definitivo de sua trajetória.

Ou pelo menos era isso que muitos acreditavam.

Com o encerramento da eShop do 3DS, dezenas de jogos foram essencialmente perdidos, já que não é mais possível adquiri-los, nem mesmo em outros consoles.

Apenas aqueles que já os possuíam em suas contas poderão continuar desfrutando-os.

Dado o fato de que o 3DS é considerado um console antigo, combinado com o fim da eShop, muitos usuários estão recorrendo a métodos de desbloqueio não autorizados, como uma forma de manter vivo o legado desses jogos inacessíveis.

Embora a dona do Mario esteja atualmente focada no Switch e em seu próximo console, a gigante japonesa surpreendeu a todos esta semana ao lançar uma atualização de sistema para o 3DS que invalida todos os métodos de desbloqueio.

Nintendo 3DS família

Os fãs percebendo isso começaram a compartilhar a notícia na internet, a fim de alertar outras pessoas para que não atualizem e evitem perder o desbloqueio de seus consoles.

É esperado que uma correção seja lançada no futuro, mas isso levará algum tempo, já que os modders terão que encontrar uma maneira de contornar essas novas medidas.

Conforme apontado por muitos usuários, há poucas razões para se preocupar em atualizar o 3DS no momento.

O principal benefício de fazer as atualizações seria acessar a eShop para comprar jogos e conteúdo para download, o que, obviamente, não é mais possível.

Alguns recomendam evitar completamente as atualizações de firmware por enquanto.

Não está claro por que a Nintendo decidiu lançar uma atualização para um console que não recebe mais suporte oficial.

Segundo um dataminer, a atualização fez alterações nas configurações do sistema, no navegador de internet, no menu principal e até mesmo na loja desativada.

Com base nisso, parece evidente que o objetivo era combater a pirataria, embora a Nintendo não tenha confirmado oficialmente.

Mais uma vez, a empresa demonstra que leva a sério a proteção de suas propriedades intelectuais e não vai deixar tão barato assim.

Leia mais: Nintendo abre vaga para Editor de Localização (Português)

Nos siga no Instagram.

Compartilhe:

Você também vai gostar

Além da Nintendo, conheça os 5 consoles portáteis mais procuradas em 2024

Nintendo Switch 2 pode usar a V-NAND de 5ª Geração da Samsung (Rumor)

The Legend of Zelda Ocarina of Time: 7 Fatos e Curiosidades

Rolar para cima